domingo, 31 de maio de 2015

Mantra Universal da Voz do Criador OM Aum


                          Mantra Universal da Voz do Criador OM Aum
"Om ou Aum, o Mantra Supremo" 

Earlyne chaney e Willam Messcik

Aum, o principal mantra, o rei de todos os mantras, é tão universal que pode ser cantado por qualquer pessoa, independentemente de sua filiação religiosa ou compreensão espiritual. 

Tem sido o rei dos mantras desde os dias dos antigos santos e sábios das Escolas de Mistérios no Egito, India, Peru e Tibete. O seu poder inerente está além da percepção humana.

A medida que nos aproximamos da virada do século XX, a Palavra mística Aum — Om — torna-se cada vez mais familiar, especialmente entre devotos da sabedoria mística da antiguidade, que compreendem a potência de um mantra ou canto. 

Mesmo entre esses aspirantes, contudo, poucos percebem realmente o poder desse reverente símbolo — um símbolo que assumiu muitas formas enquanto fluía com a torrente de vida da humanidade através das idades, sempre simbolizando a Deidade. 

Nunca na Terra foi dada tanta preeminência e importância ao significado de uma Palavra.

Os grandes magos e iniciados das Escolas de Mistérios do antigo Egito executavam seus rituais mágicos e cerimônias através do uso de Palavras de Poder. 

Aqueles que podiam manipular apropriadamente as Palavras e gerar o poder com discernimento eram os Filhos da Luz, os grandes Ptahs e Hierofantes que levavam outros para as câmaras secretas de iniciação e os traziam para fora inteiros, curados e santos.

símbolo e a Palavra Aum ou Om estavam muito em evidência, simbolizando o poder onífico — uma palavra contendo um depósito concentrado de força, ao mesmo tempo dinâmico e inteligente.

 Com certeza, o instrutor que com entendimento a proferiu com sua plena potência conseguiu obter o controle absoluto sobre o poder dos elementos.

sábado, 30 de maio de 2015

Meditação-Mantra OM

As muitas faces de Shiva! OM!


Pesquisado por Dharma dhannyael
Om Shiva!

Vitor Manuel Adrião

 "Tido e querido entre os Shaivas hindus como a Divindade a que se devem unir por via directa, Shiva é aquela Presença Logoidal (a Terceira da Trimurti ou Trindade) cujo significado espiritual aqui me traz, assim satisfazendo essa solicitação de vários membros da comunidade hindu em Portugal.

 As linhas Shaivas compõem-se de pessoas de elevada posição e excelente educação, aprofundadas na filosofia religiosa Shivaíta. Dentre as mesmas os Dandis e os Dasnamis que, se bem que um tanto ascéticos, 
evitam os excessos dos devotos das classes inferiores que dão ao Shivaísmo um halo de feitiçaria, animismo e superstição, o que, assim, não passa dum notável aborto do próprio Shivaísmo, nada tendo a ver com o que realmente ele é.

 Tanto os Dandis como os Dasnamis manifestam uma alta forma e um alto grau de vida religiosa e moral. Adoram Brahma sob o nome e forma de Shiva (o Espírito manifestado como Matéria) e trazem por símbolo o Lingayat,
 o “falo místico”, simbólico do Poder Gerador Masculino (Kartri), todavia sendo extremamente puritanos nas suas opiniões, considerando o sexo como coisa sagrada e condenando severamente toda a ideia ou acção impura respeitante a ele.

 Outras dessas linhas superiores do Shivaísmo atraíram muitos membros da casta mais elevada hindu, ou sejam Brahmanes (correspondendo à classe sacerdotal) de educação distinta, principalmente os que nutrem tendências filosóficas e, muito particularmente, metafísicas e esotéricas que a doutrina Shivaíta lhes fornece.
 Outras correntes elevadas compõem-se da melhor classe dos Yoguis e adeptos de Patanjali, o reformador do sistema de Raja-Yoga.

domingo, 24 de maio de 2015

Oração de Poder Espiritual


                                                     Oração de Poder Espiritual

Em nome de Deus Pai/Mãe e do Espirito Santo
Eu ORDENO a retirada da minha mente de todas as crenças, conceitos, pensamentos, imagens, frases, pessoas negativas e TUDO que me limitou até aqui no meu crescimento moral, profissional, financeiro e espiritual.

Se há algum inimigo, revelado ou não, querendo me atingir, que seja iluminado neste momento se tornando meu amigo, porque na minha vida só há lugar para amigos.

Abençoe, abençoe, abençoe!
Coisas maravilhosas chegam a minha vida neste momento, neste dia e por toda a eternidade.

Eu conquisto os meus objectivos com facilidade.
Vivo minha vida com alegria, calma, serenidade e harmonia comigo e com todo o universo.
Agradeço a tudo que sou e tudo que tenho.

Os ataques PSÍQUICOS, ETÉRICOS E ESPIRITUAL



Os ataques 
PSÍQUICOS, ETÉRICOS E ESPIRITUAL

Este é um assunto fascinante E imagino  que muitos trabalhadores da luz não chegaram a analisar da perspectiva, ou lente, que estou usando agora.

Nem todos sabem que existe invasão física, etérica, emocional, mental, psíquica e Espiritual. Vamos começar pelo nível mais denso para, depois, subir pelos níveis de realidade e explorar o funcionamento desse processo de invasão. Compreender esse processo é muito importante porque nos permite detectá-lo em nós mesmos, mesmo quando é inconsciente, e também nos outros.

No nível físico, a invasão ocorre de maneiras multifacetadas. Eu me lembro de um episódio muito engraçado da série Seinfeld, em que um dos personagens chegava perto demais dos outros para falar. Tenho certeza de que você já encontrou pessoas assim. Há limites físicos que todos esperam que sejam mantidos mas, às vezes, alguém os invade.

Podemos também ser invadidos por toques físicos não desejados ou inconvenientes. Há a invasão sexual, como no caso do homem que é agressivo demais e sem sensibilidade para as necessidades e para o ritmo da mulher.

Assim como é invasão interromper fisicamente a conversa de duas pessoas. Ou entrar no escritório, ou no quarto, de outra pessoa quando a porta está fechada, sem nem se dar ao trabalho de bater. No mundo dos negócios, há invasões físicas no trato com o dinheiro, como é o caso do que chamam de “apropriação indébita”.

Há muitos outros exemplos que eu poderia dar, mas acho que a idéia já está clara. Esteja atento ao seu espaço físico e ao espaço físico dos outros, tendo sensibilidade para ambos. Muitas pessoas são controladas pelo ego negativo que é egoísta, sem sensibilidade para o espaço espiritual, psicológico e físico dos outros.

terça-feira, 19 de maio de 2015

A Lei da Atração para o Sucesso



A Lei da Atração para o Sucesso - "O PODER DO ENTENDIMENTO"

“Eis o princípio da sabedoria: adquire a sabedoria.
Adquire a inteligência em troca de tudo o que possuis.”
— PROVÉRBIOS 4:7

Qualquer coisa que receba atenção, florescerá. Algumas pessoas comprovam essa teoria em suas estufas. Elas tocam música e falam com as plantas e elas florescem. Isso não é necessariamente resultado da música ou das palavras, e sim da energia que foi direcionada às plantas.

Napoleon Hill, o grande estudioso do sucesso e do potencial humano, disse: “Qualquer ideia que enfatizarmos, temermos ou reverenciarmos em nossa mente logo começará a assumir a forma física mais conveniente e apropriada disponível.” 

O PODER DO ENTENDIMENTO É O PRIMEIRO dos sete Princípios do Poder da ciência do sucesso que o capacita a criar a vida que sempre sonhou.

Essa Superleis são como a força da gravidade. Elas atuam em cada centímetro do universo de forma permanente, quer esteja ou não consciente delas.

Quando você as compreende, é possível fazer com que contribuam para sua vida pessoal, seu trabalho, suas finanças, seus relacionamentos, suas aspirações espirituais e todas as outras áreas.

As sete Superleis, junto com os sete Princípios do Poder que ajudam você a usufruir da energia delas, formam o Poder dos Sete. No momento em que sua vida estiver em harmonia com o Poder dos Sete, o sucesso será inevitável.

AS SETE SUPERLEIS
Aprendemos que nosso universo é um lugar organizado e regido por leis precisas e coerentes. Quando nos harmonizamos com elas e as aplicamos usando os sete Princípios do Poder, o sucesso é garantido.

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Os átomos permanentes e a consciência.




Os átomos permanentes e  a consciência.

Estou estudando os átomos permanentes por orientação espiritual. Se você se interessou por este texto, estamos juntos nesta busca espiritual.
Eu acredito que os átomos permanentes  revelam a chave magnética, atômica da nossa energia ancestral, espiritual  - atual e  do passado.


Os átomos permanentes possivelmente nos reune com o  "passado" mobilizado pelo destino ou necessidade com a família, com comunidades,  pessoas, ambientes, vícios -  a lei da atração atrai o  carma ou o dharma acumulado e registrado na memória dos átomos permanentes.

A física quântica explica a lei da atração e dos átomos permanentes  que nos une com pessoas, ambientes por afinidades. Nosso mundo quântico individualizado  é "ativado" com os átomos permanentes.

Quando você medita com o Eu sou Luz  -  a luz  ilumina os átomos permanentes e a energia quântica vibratória da Luz da Consciência do Eu Superior  nos libera para o dharma, acontece uma transformação quântica, um salto de consciência.

A meditação com a  luz da mônada - Divina Presença, ou Chama Violeta  é importante para nos libertar do passado e iluminar nosso dharma com a consciência Inteligente Monádica do amor sabedoria.
Dharmadhannya


“O homem é um agregado de diferentes elementos, indo do mais alto até o mais baixo, que formam seus veículos e velam sua luz. O desígnio do homem em evolução será portanto transcender cada um desses veículos para reconhecer o que ele era na origem, Atma ou Sat, a pura divindade infinita e permanente.

O corpo causal é o Budhi - a Alma Espiritual. Ali se vai encontrar, ocultamente falando, um ponto de luz contendo três átomos permanentes, e ele mesmo encerrado em uma espécie de estojo de matéria mental a que chamamos de corpo causal.

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Mas, eu quero ser livre e feliz



Mas, eu quero ser livre e feliz

A luz do  Eu Superior  é infinita é dharma, é Graça Plena.
“A expansão da consciência nos leva a da verdadeira vida, ao abrir os portões para a Unidade, as marés da Vida superior vos engolfarão e tomarão  conta de vós; assim conhecereis o Batismo do Infinito”.
Embora essa idéia possa parecer estranha para a mente moderna, ela é mais sábia do que você imagina.

O físico J. S. Bell documentou recentemente o que talvez seja a mais profunda descoberta da física moderna, chamada de Teorema de Bell. 

Esse teorema postula que as coisas que estiveram um dia ligadas permanecem misteriosamente conectadas através de todo o tempo e o espaço; se duas partículas interagem e depois se separam, elas estão mesmo assim enredadas e as ações de uma afetam instantaneamente a outra.
Não existe nenhum período de incubação. Esse fato é extremamente verdadeiro com relação às coisas que estão ligadas por vibrações fortes e intensas — poderíamos chamá-las de sentimentos e emoções.

Se estivéssemos falando de um homem e uma mulher, independentemente do quanto se afastassem — da Califórnia para Nova York, por exemplo —, eles continuariam a exercer impacto imediato um no outro.

quarta-feira, 13 de maio de 2015

O Fogo Monádico 2 Parte (2001)



O Fogo Monádico 2 Parte (2001)

Trata-se de despertar códigos que estão em nós, adormecidos, e reconfigurar tudo: o emocional, o mental e o físico. Esta ação da Luz é a próxima forma de o ser se alimentar. 
Então, o convite que pode começar a ficar no ar, é para que eu comece a observar a oração- e oração é, o que cada um sabe que é, para si...

 Cada ser tem a sua própria linha orante, a sua própria linha de oração... Mas eu preciso de olhar para a oração, hoje, como uma forma de me energizar, como uma forma de me alimentar.

Então, nós precisamos de nos virar para o Eu Superior como uma 

Fonte de Energia.
Não tanto como um tribunal que julga. Não tanto como um Núcleo Supremo dentro de ti, que tem opiniões acerca de ti. E, o que está no ar é este convite, para que as pessoas se virem para o seu Eu Superior, para o seu Núcleo Central, como uma Fonte de Alimento.

 E que eu comece a associar, de uma forma tão automática, como quando antes eu associava fome a frigorífico -que é um dos automatismos que as pessoas têm cá dentro - e comece a associar cansaço, exaustão, fome, confusão, desorientação, pretensão, o que tu quiseres..., que eu comece a associar isto a oração! 

Ou seja: quando este terceiro nível de Luz é activado em nós, não existe equilíbrio fora da oração. Façam a experiência! Façam a experiência de ficar uma semana a repelir o Eu Superior! Mas tem que ser repelir a sério! Não é fingir que repele. É repelir mesmo!  Façam a experiência de ignorar a voz, de seguir impulsos!
 Há mutação entre civilizações - e perceber que isso está no ar, não significa nada, hoje! Quer dizer: ter a percepção intuitiva, e responder ao plano intuitivo, não é o trabalho. Isso já está feito. Isso é uma coisa que está instalada em todos nós. Isso é trabalho em nível intuitivo.

O que Eles procuram hoje, é que o indivíduo consiga levar a sua consciência para o plano Espiritual (nós já vamos ver o que é isso) de forma a que o Fogo - porque o intuitivo ainda são imagens, ainda são percepções...

 - o Fogo, que é a própria radiação do Eu Superior, desça do nível Espiritual para a intuição; da intuição para a mente; da mente para o plano astral; do plano astral directamente para o físico... Só assim, é que este Planeta muda! O Planeta não muda, porque alguém teve uma percepção! Isso são estágios preparatórios...

O Fogo Monádico 1 Parte (2001)



Lendo este texto e meditando eu  percebi que estamos vibrando em um tom de acordo com nossa ressonância , e o nosso tom pode nos unir  com pessoas, situações, oportunidades, seres celestiais ou com a escuridão e  pode nos isolar, separar ...
eu  gostei muito deste texto , profundo e belíssimo.
Que o som da harmonia me envolva sempre com o amor.

E me perguntei, qual é a minha nota? Qual é o meu som,  o meu tom ? Vou ler novamente e mergulhar no infinito ...
O homem é o microcosmo que espelha o macrocosmo.
Dharmadhannya

O Fogo Monádico 1 Parte (2001)

Por isso se usa a expressão Fogo. Quando se usa a expressãoFogo Monádico, Fogo Divino, dentro de nós, nós estamos a falar dessa realidade, que, por ser tão terrivelmente ampla, só pode ser compreendida pela nossa consciência como algo equivalente a um Fogo. 
Existe um Fogo, no sentido de uma Presença, que não admite mais nada senão ela mesma. É isto que significa Fogo Monádico: é uma Presença que exclui, ou sintetiza todas as outras presenças.

 Todas as outras realidades. Isto é o Centro do teu ser! Agora, este centro mantém-se aninhado, de certa forma oculto, porque, se ele se começa a desdobrar aqui para baixo, as pessoas começam a entrar num processo pós-histórico, supracivilizacional, transcultural. Este Fogo sintetiza as operações. Ele casa as operações. Funde as operações dentro de nós.

Como está a ficar claro para alguns ambientes neste planeta, como está a ficar progressivamente límpido para alguns ambientes na Terra, o processo pelo qual o Planeta está a passar, o que está em ato, o que está a ser estimulado, é uma libertação da Luz retida, da Luz aprisionada, da Luz potencial em todas as partículas terrestres, em todas as partículas deste planeta.

Isto implica, como é do conhecimento geral, que cada partícula, cada veículo, cada árvore, cada consciência, cada órgão, cada governo, cada estrutura, tem a sua base, a sua sustentação, em níveis de Luz, que permanecem mais ou menos ocultos, em função da transparência da consciência, da transparência do tecido vivo, da transparência do governo, da transparência do indivíduo.

A base, a base de toda a existência, a base de manifestação, a base de exteriorização, seja do que for, é Luz. 

segunda-feira, 11 de maio de 2015

O DESTINO e as Leis de Deus.





Quando nos unimos com a Vontade de Deus, estamos re-unidos
com a Presença Divina ou Eu superior e damos um salto  para o Dharma - quando estamos trabalhando junto com a Unidade para o bem de todos.

O DESTINO e as Leis de Deus.

A semeadura é livre, mas a colheita obrigatória. Como orientar nossa vida no plano geral do Universo, conhecendo o funcionamento da Lei.

Vamos pensar que na ciência da vida como método para se alcançar êxito e ser menos infeliz, em virtude de se aprender a arte de viver sabiamente em harmonia com a Lei de Deus, seguindo com obediência a Sua Vontade. Vamos agora explicar melhor estes conceitos.

É difícil a arte de saber viver. A vida é um vaso que podemos encher com o que quisermos. Mas, a verdade é que temos querido enchê-lo de erros. Então, que podemos receber senão sofrimentos?

O verdadeiro êxito na vida consiste num problema de construção de destinos, um problema complexo de longo alcance, que só se pode resolver conhecendo o funcionamento das leis profundas que regem a vida;

 e a posição de cada um dentro dessas leis, ou seja, o plano duma vida enquadrada no plano geral do universo, em função de Deus.
A maioria não é dona dos acontecimentos da sua vida, mas é serva dirigida por eles. A vida é um jogo vasto e complexo.

Podemos deixá-la decorrer levianamente, mas então, ou perdemos o nosso tempo, ou semeamos sofrimentos, cometendo erros.

 E depois, as consequências terão de ser suportadas inevitavelmente por nós. Fala-se de destino e da sua fatalidade.

 Mas, os construtores desse destino somos nós mesmos e depois ficamos sujeitos à sua fatalidade.

domingo, 10 de maio de 2015

"A GLÂNDULA PINEAL, Netuno E O MUNDO DO ESPÍRITO DIVINO".





"A GLÂNDULA PINEAL - Netuno 
E O MUNDO DO ESPÍRITO DIVINO".

Considero  que o símbolo do "Pai Divino ou Self" representa neste contexto a matriz divina de muitos nomes, de muitas forma e esta frase “A cor do Fogo do Pai é azul; a Luz de Netuno é azul — o Éter Refletor relacionado com o Pai é azul translúcido.

 Quando a glândula Pineal entra em ação, sua cor vibra num azul deslumbrante”  expressa a idéia do Pai como Self. Eu e Pai somos Um.

Quando estamos re-ligados com a consciência do Espírito (Self), a nossa Divina Presença ativa a glândula Pineal – que ativa nesse momento o arquétipo  de Netuno ou do nosso Self ou  Espírito com as qualidade simbólicas netunianas que nos ilumina com a cor Azul deslumbrante (Vontade de Deus), e assim  o “Éter refletor”   dá forma no microcosmo da energia transcendente de Netuno.
A Divina Presença espelha a Luz de Deus
Dharmadhannya

"A GLÂNDULA PINEAL E O MUNDO DO ESPÍRITO DIVINO".
 Por um estudante  Rosacruz

 O caminho oculto do desenvolvimento está intimamente ligado com a atividade intelectual desenvolvida pela Lua e por Mercúrio, a glândula pineal e Netuno. O raio de Netuno leva aquilo que os ocultistas conhecem como o Fogo do Pai, a luz e a vida do Espírito Divino, que expressa a si mesmo como Vontade.

A cor do Fogo do Pai é azul; a Luz de Netuno é azul — o Éter Refletor relacionado com o Pai é azul translúcido. Quando a glândula Pineal entra em ação, sua cor vibra num azul deslumbrante.

O despertar dessa glândula é da maior importância para o desenvolvimento positivo do poder masculino do Espírito.

O despertar das notas-chaves das glândulas de secreção interna está intimamente associado com a Iniciação e é um dos valiosos auxílios para o Espírito em sua preparação para receber o trabalho iniciático.

quinta-feira, 7 de maio de 2015

A Lua e o Signo de Câncer.



A 4 casa -  lua e o  signo de Câncer.

Eu Sou do signo de Câncer.

“Eu sou   um cidadão do cosmo, caminhando para a perfeição, sou uma centelha vibrante do corpo de Deus, diferenciada. Minha família é a humanidade, minha pátria é o universo, meu dia é a eternidade, minha vida é a luz do firmamento.

Meus caminhos são infinitos, eu sou um Deus em formação, Deus é o homem pronto”. Eu não preciso mais das metas que me foram colocadas quando nasci. Eu posso caminhar com meus próprios passos e atingir a condição de egresso, aquele que atingiu o discernimento”. Assuramaya.

Quarta Casa.  Analogia com Câncer. Raízes
 Elemento água. A água de câncer promove o caldo cultural ideal no qual o nascituro deverá receber os elementos indispensáveis para entrar no planeta e realizar seu processo evolutivo segundo as leis previamente estabelecida.
Câncer é um signo de água, mas o caranguejo habita tanto a terra quanto o mar.

Co-regente. Vênus.
A casa 4 está relacionada com o inconsciente presente, porque ela acompanha o desenrolar de nossos sentimentos, emoções e tudo que aprendemos durante este período.

Casa receptiva, Cardinal de Água.
Horário: 22 às 24 horas.

Parentesco: Mãe, sogro, Bisavô, materno e bisavó paterna.
Saúde – o estômago. Necessidades emocionais podem ser traduzidas em fome física, busca apoio emocional e segurança.
- a criança interior dentro de nós se comunica no signo de Câncer.
É influenciada pela Lua e por Júpiter.

Principal Característica: sentimento.
Qualidades: empatia, sensibilidade.
Defeitos: possessividade, apego ao passado, instabilidade.

Elemento: água
Qualidade: cardinal
Polaridade ..... feminino
Planeta regente: Lua
Exílio: ........ Saturno
Exaltação: ... Júpiter
Queda      .....                        Marte



segunda-feira, 4 de maio de 2015

Glândula PINEAL - Fisiologia





                          Glândula PINEAL - Fisiologia

Há pelo menos 2000 anos a glândula pineal foi considerada pelos cientistas-místicos como a “sede da Alma” (sua morada). Alguns desses antigos cientistas chegaram a afirmar que o grau de desenvolvimento psíquico de uma pessoa seria proporcional ao desenvolvimento da glândula pineal.

Mesmo em nosso tempo, muitos estudantes de misticismo aceitam esta afirmação como verdadeira. Como existe uma afirmação no sentido de que “a pineal está ligada à transição entre a mentalidade autocentrada da infância e a da maturidade e benevolência”;

 muitos aspirantes bem intencionados sentiram-se encorajados a nutrir a idéia de que, quanto maior for a glândula pineal, maior será o desenvolvimento psíquico do indivíduo. Existem fatos que apoiem esta relação entre a pineal e o desenvolvimento psíquico?


René Descartes, filósofo, místico, e fundador da moderna matemática, referiu-se à glândula pineal como sendo a sede da alma racional. Como filósofo e matemático, é pouco provável que Descartes tenha usado o termo “racional” de forma imprecisa ou não-específica;

 visto que o termo “racional” deriva de “ratio”, que significa comparar. Pelo que se sabe, Descartes referiu-se à pineal como “la glande cannairienne”, ou glândula do saber, do conhecer. Perguntamos: não está o “conhecimento” baseado na comparação?

Do ponto de vista tradicional, pois, a glândula pineal vem sendo considerada como o órgão da percepção, “transformando a informação recebida em humores que passam por tubos, para influenciar as atividades do corpo”, segundo Descartes.

sábado, 2 de maio de 2015

A Mente e a Física Quântica




A Mente e a Física Quântica

O universo apresenta evidência de mente em três níveis, O primeiro nível é o dos processos físicos elementares na mecânica quântica. Nesta, a matéria não é uma substância inerte, mas um agente ativo que constantemente faz escolhas entre possibilidades alternativas, segundo as leis da probabilidade.

Toda experiência quântica obriga a natureza a fazer escolhas. Parece que a mente, manifestada como a capacidade de escolher, é, até certo ponto, inerente a cada elétron. O segundo nível em que detectamos.. a mente, é aquele da experiência humana direta.

Nossos cérebros parecem dispositivos aptos para a amplificação do componente mental das escolhas quânticas feitas pelas moléstias que estão dentro da cabeça. . .

Há evidência.. de que o universo como um todo é hospitaleiro ao crescimento da mente... Portanto, é razoável crer na existência de um terceiro nível da mente, um componente mental do universo. Se acreditarmos nesse componente, então podemos dizer que somos pequenos pedaços do aparato mental de Deus.  Freeman Dyson1

“Talvez o sujeito não tenha uma alma que seja sua, mas só um pedaço de uma grande alma — a grande alma que pertence a todos”.

Henry Margenau e a Mente Universal

É fácil encontrar entre os poetas, místicos e filósofos apoio para a natureza anímica, não-localizada, da mente; pode-se até acrescentar à lista alguns cientistas que de quando em quando se entretiveram com a idéia.

Mas é extremamente raro encontrar um cientista contemporâneo, respeitado entre seus colegas por suas contribuições fundamentais a sua área, que tenha declarado em público que a mente é universal.

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Quarto Chakra. Anahata Som Sagrado



 Quarto Chakra. Anahata
Dharmadhannyael

Um coração aberto  é como um Sol que ilumina a todos e atrai o mundo para a sua luz.

Quando estamos presos no passado, estamos acorrentados no carma, sem a liberdade do dharma, e não podemos expandir a luz da União com a nossa Alma ou Eu Superior.

Olhe o rosto de uma criança e veja como ela está disponível para ser feliz,  livre do ontem. A liberação acontece em nossa mente.
Um coração fechado é uma porta fechada para a felicidade.
O perdão libera e redime.  A tolerância, a gratidão e a ação para o bem nos libera .

“Eu  perdôo a mim mesmo e libero o passado. Eu perdôo a todos que me feriram e peço perdão a todos que eu feri”.
Estamos livre e no dharma,

Quarto Chakra – Anahata -  O REINO DO SOM SAGRADO
Breaux Charles.

Anahata, o nome sânscrito dado ao quarto chakra, significa literalmente “não batido”. O termo refere-se à vibração sutil que é a energia criadora do Vazio. Ele é entoado como a sílaba sagrada OM, e diz-se que é ouvido interiormente em meditação quando a Kundalini subiu ao chakra cardíaco.

Em geral, o quarto chakra é também mencionado como chakra cardíaco, definindo sua posição no corpo e sugerindo sua associação com a fonte de inspiração espiritual e o amor altruísta.

O quarto chakra tem 12 pétalas vermelhas brilhantes. Dentro delas encontramos dois triângulos de cor cinza interligados. Juntos, eles compõem a mandala Vayu, que representa a relação harmoniosa entre as forças masculina e feminina do cosmos.